2 º Trimestre de 2016 - Amor Não Correspondido
Comentário da Lição 09 - Perigo à Vista


28 usuários online   
Quarta-feira, 25/5/2016

Benção negada, Benção perdida

Fonte: A | A | A
Comentário por Tânia Fanti envie para um amigo | versão para impressão
Acaz promoveu a idolatria, fechou as portas do templo e fez sacrificioa aos deuses pagãos. Durante o reinado de Acaz, o reino Judá apresentou vísiveis sinais de declínio.

Ele, não só permitiu a idolatria entre os seus súditos, mas também, pessoalmente, e com regularidade, empenhou-se em fazer sacrifícios pagãos, a ponto de oferecer seu próprio filho no fogo, no vale de Hinom.

Neste período o reino vassalo de Edom rebelou-se com sucesso e recuperou a cidade de Elate. Além disso, os exércitos coligados do Reino de Israel e da Síria invadiram Judá, pois Acaz, não queria participar de uma aliança contra o rei Assírio Tiglate-Pileser. Havia um plano para depôr Acaz e no seu lugar colocar um rei fora da linhagem de Davi, o filho de Tabeel, que envolveria o país na coalisão anti-assíria, a união que deveria ser evitada.

A aliança siro-efraimita infligiu severa derrota militar às forças de Acaz. Embora não tenham conseguido tomar Jerusalém, os aliados carregaram consigo imensos despojos e uma grande quantidade de prisioneiros.

E é neste momento que o profeta Isaías, corajosamente, anunciou ao rei Acaz que Deus decidiu substituir a promessa da dinastia de Davi. Deus não estava satisfeito com o governo empreendido pela dinastia de Davi. Os motivos dessa espetacular substituição são claros: Acaz tinha medo dos inimigos e não quer confiava nos sinais, isto é, no milagre da intervenção de Deus

O profeta Isaías define bem a situação econômica, político-social e religiosa da população de Judá e Jerusalém. Ele a descreve como uma realidade muito feia, mas ele agora apresenta a superação destas dificuldades: o plano da salvação.

Ele fala do dia do nascimento do Messias, da vida do Messias, do sacrifício do Messias, da morte do Messias, do julgamento do Messias, da volta do Messias, da destruição do mal, da restauração da terra a uma nova terra e da liberdade duradoura.

Pense: As pessoas podem ser más e rejeitar a Deus, afinal isso é uma escolha, mas junto com esta escolha vem também algumas perdas, mas a pior é a perda da benção divina.

Decisão: Por acaso você tem insistido numa escolha, que você sabe que é errada, e ao mesmo tempo consegue perceber que está perdendo a benção de Deus?
Coloque o seu comentário abaixo. Participe dando a sua contribuição para esse nosso ambiente de estudo. Você é parte dele! Distribua as bênçãos que Deus lhe confiou, e Ele as multiplicará em sua vida e na dos outros também!

divulgue o site aos seus seguidores


Se você aprecia este ambiente, divulgue o endereço em sua igreja e envie este comentário para um amigo


Nome:
igreja/cidade:
E-mail:
Comentário:

Comentário por: Tânia Fanti
Trabalha na área jovem a bastante tempo. Foi Diretora JA, Regional JA e Presidente da Assoc.Universitários no Sul do país. Secretária de Publicações na Apac e atualmente é secretária JA na Divisão Sul Americana.
menu de navegação

LIÇÃO Adolescentes CPB
Culto Divino ao vivo (sexta 20h e sábado 9h)
Projeto que financia centenas de Obreiros Bíblicos na janela 10-40!!!

Livro de autoria do Pr. Albino Marks sobre a visão bíblica da origem do Universo. VALE A PENA LER!!!




Palavras cruzadas
Organizar frases
Relacionar colunas
Completar lacunas
Questões de múltipla escolha

Esta semana foram publicados 5 tipos diferentes de atividades.





 
Receba os comentários diariamente no seu e-mail.

Clique e cadastre-se

 
Lições Anteriores
Desde 2005


 

Veja os comentários das outras lições

Adultos
Adolescentes
Jovens

© Escola no Ar 2001-2008 • Todos os direitos reservados
Coordenação › Wanderley GazetaWebmater › Rodrigo Matias
UNASP Engenheiro Coelho